domingo, 27 de Novembro de 2011

DÉCADA DE 60

A contracultura pode não ter nascido nos anos 60, mas essa década foi fundamental para sua disseminação na sociedade brasileira, nessa época o Brasil vivia seus anos de Ditadura Militar (1964-1985), grande parte da juventude estava cansada da opressão e das normas vigentes no Brasil, diante das opções oferecidas na época (a direita conformada com o poder e a esquerda militante) essa geração cria uma terceira via, esse outro caminho, busca liberdade através de uma revolução que ao invés de pegar em armas, confrontava as bases sociais, os costumes e se expressava através de festivais, encontros, música, amor livre, drogas e religiões alternativas: surgia assim o movimento da contracultura.
Segundo Cláudio Novaes Pinto Coelho, “o surgimento da contracultura foi marcado pelo rompimento da dialética entre a modernização e a modernidade existente nos anos 1967- 1983.’’ Ao reduzir a racionalidade à racionalização autoritária, a contracultura colocava a negação da racionalidade enquanto tal como única possibilidade de questionamento da sociedade vigente; daí a adoção da loucura‟.

Loucura a qual era vista como meio de libertação, como forma de expressão diante de um governo autoritário e opressor. Felizmente os anos de ditadura militar já se foram, será que a loucura revolucionária também acabou?

Mariana Fernandez

Sem comentários:

Enviar um comentário